quinta-feira, 16 de outubro de 2014

Lançado o Edital para o Processo Seletivo da Residência em MFC do Município do Rio de Janeiro - 2015

Foi lançado o edital para o processo seletivo da Residência em Medicina de Família e Comunidade do Município do Rio de Janeiro. As inscrições serão recebidas, no período de 10h do dia 22/10/2014 até às 23h59min do dia 14/11/2014, horário de Brasília (incluindo sábados, domingos e feriados) somente via Internet, por meio de requerimento específico disponível no sitehttp://concursos.rio.rj.gov.br/indexportal.htm


 A data provável de realização da prova: 14/12/2014

 O Programa de Residência em Residência em MFC do Município do Rio de Janeiro vai para o seu 4o ano de existência com forte consolidação e buscando uma qualificação cada vez maior.
Trata-se do maior programa de residência da especialidade no Brasil e conta com estrutura e apoio diferenciado para a formação de especialistas na área. Todas as unidades são equipadas com o que há de mais moderno para a prática da medicina nessa área e contam com preceptores de primeira linha a nível nacional dedicados exclusivamente à residência.

Outras vantagens do programa:
 - Oportunidade de ganho diferenciado (podendo ficar em até 8.500 reais mensais com os benefícios). - Possibilidade de fazer estágio optativo no exterior, o programa já possui convênio com Espanha, Portugal, Itália, Uruguai e Peru. No Brasil (Equipe fluvial - Santarém-; Florianópolis; Curitiba; Natal; população indígena - Xingu) ou em serviços específicos de atividades afins da medicina de família e comunidade: Medicina Paliativa; População de Rua ; etc)
 - Treinamento em emergência clínica, pediátrica e em obstetrícia nos melhores serviços do município. (CER Leblon e Maternidade Maria Amélia Buarque de Hollanda e Unidade de Pronto Atendimento de Manguinhos)
- Treinamento em pequenas cirurgias e procedimentos na própria clínica com dermatologista e médicos de família.
- Apoio à participação dos residentes em congressos e eventos relacionados à Medicina de Família e Comunidade.
- Curso com metodologias ativas de ensino-aprendizagem: webportfolio, quizz semanal, avaliações em formato on line trimestrais, etc
- Canal teórico com ênfase clínica e nos fundamentos da MFC.
- Treinamento em habilidades comunicacionais e gestão da consulta por meio da metodologia: Problem Based Interview (PBI)

 Os interessados no programa também podem agendar visitas para conhecer as clínicas da família onde se desenvolve Programa de Residência. Agende visitas pelo email: rmfcsmsdc.rj@gmail.com

segunda-feira, 6 de outubro de 2014

Curso de Agentes Locais em Desastres Naturais

Aconteceu no nosso auditório a quarta aula do Curso de Agentes Locais em Desastres Naturais para AVS das CAP's 3.1,3.2 e 3.3, com o tema "As principais conseqüências sobre a saúde provocadas pelos desastres naturais" ministrada pela professora Cleomar Alves, responsável pelo programa VIGIDESASTRES, da Gerência de Fatores de Riscos Não Biológicos na Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro



.


quinta-feira, 2 de outubro de 2014

Reunião para a organização da 1° oficina do PSE da Cap 3.3


Recebemos funcionários do PSE e do Grupo Saúde Carioca para organizar a 1° oficina do PSE da Cap 3.3









quarta-feira, 1 de outubro de 2014

Reunião para organização do 7° Colóquio do PSE - Cap 3.3, 5° e 6° CREs

Hoje em nossa sala de reunião recebemos representantes da 5° e 6° CREs, CAPSi, 5° CDS e a  responsável pela educação continuada da OSS Viva Rio para a organização do 7° Colóquio do PSE






segunda-feira, 29 de setembro de 2014

Reunião DAPS

Hoje os profissionais da Divisão de Ações e Programas de Saúde - DAPS da CAP 3.3 realizaram uma reunião estratégica em nossa Sala de Reunião.



segunda-feira, 22 de setembro de 2014

Curso de Desastres Naturais


Hoje em nosso Auditório foi realizado o Curso de Desastres Naturais onde os Agentes de Vigilância em Saúde (AVS) assistiram a segunda aula do módulo I, ministrada pelos AVSs Ortiz Junior e Marcela Schneider, cujo tema foi “Vulnerabilidade Social e Ambiental aos Desastres Naturais nos Territórios” e definiram seus grupos de trabalho e localidades de atuação no TC.


O curso é voltado para AVS buscando ampliar o olhar para os riscos de desastres naturais em seus territórios de atuação reconhecendo estes profissionais pela natureza de suas funções, interlocutores entre os diversos setores da saúde que integram o Sistema Único de Saúde (SUS), do Sistema Nacional de Proteção e Defesa Civil e as comunidades em que exercem seu trabalho, pois acreditamos que este perfil reúne condições para fomentar, articular, mobilizar práticas educativas, executar ações de prevenção e primeiras respostas a desastres naturais.



quinta-feira, 18 de setembro de 2014

Supervisão local de Tabagismo das Áreas Guadalupe, Anchieta e Pavuna


Hoje em nossa sala de reunião, foi realizado a reunião da Supervisão local de Tabagismo das Áreas Guadalupe, Anchieta e Pavuna